ALEMANHA: Nuremberga tanto para contar…

Denunciar
Questão

Please briefly explain why you feel this question should be reported .

Denunciar
Cancel

UMA CIDADE NUREMBERGA CHEIA DE HISTÓRIAS

Reinventar é o verbo que melhor define a cidade de Nuremberga. Situada na região da Baviera, foi arrasada na II Guerra Mundial mas soube renascer e tornar-se numa das principais urbes alemãs.

Mesmo ao lado da estátua de Albrecht Dürer, no coração da cidade antiga, uma intrigante entrada escavada no solo encaminha os visitantes para as entranhas de Nuremberga – uma rede de 24 quilómetros quadrados de túneis e caves construída há mais de 700 anos. «Esta é a parte mais intacta de toda a cidade».

A origem das caves não teve, todavia, propósitos de defesa. «Aqui, no século XII, começaram a depositar e a refrigerar a cerveja, que naquela época era mais bebida do que a água», Os números comprovam-no: em 1529, calcula-se em 500 litros o consumo médio anual de cerveja de um habitante de Nuremberga, contra os 100 litros atuais. «Por ser fervida e ter acidez, não tinha bactérias, ao contrário da água, e podia beber-se sem causar problemas. As crianças também bebiam. Mas tinha menos álcool do que hoje.»

À superfície, Nuremberga preserva surpreendentemente a aura dessa época, ainda que poucos tenham sido os muros centenários que resistiram à guerra. Quase tudo o que se vê – castelo, igrejas, casas com molduras de madeira – é posterior a 1945. Nuremberga é mais recente do que a Torre Eiffel. Recriar uma cidade milenar tinha tudo para a tornar uma espécie de Disneyland da era média, uma monstruosidade, mas a reconstrução foi um milagre.

Ninguém sabe ao certo desde quando o Castelo Imperial de Nuremberga se ergue numa colina sobranceira ao centro histórico. Está quase a completar, seguramente, um milénio, visto que a primeira referência à sua existência data de 1050, aquando de uma visita do imperador Henrique III à cidade.

A cidade ficaria irremediavelmente ligada ao período negro da história alemã não fossem os julgamentos, iniciados em novembro de 1945 contra os máximos dirigentes nazis.

A não perder

Fora do centro histórico, definido por cinco quilómetros de muralhas, há mais para descobrir, concretamente em Gostenhof, conhecido por GoHo, numa alusão ao Soho. Lojas, galerias, restaurantes e bares, num total que ronda a meia centena de moradas, trouxeram nova vida a uma área de má fama, na qual residiam os emigrantes (portugueses incluídos) que em tempos vinham trabalhar na indústria.

Passado

O Handwerkerof é um vilarejo muralhado onde viviam os antigos artesãos da cidade e cujas casas pitorescas recordam o passado.

Direitos humanos

Nuremberga tornou-se um símbolo dos Direitos Humanos e tem um espaço que contém os artigos gravados em 27 colunas.

Salsichas

Alemanha é sinónimo de salsichas e em cada região há diferentes qualidades. As bratwürst de Nuremberga são pequenas e crocantes.

 

ONDE FICAMOS?

»» ASA-M NÜRNBERG

Dr.-Gustav-Heinemann-Straße 50, 90491 Nürnberg

0
Praça Pública 4 meses 2021-02-23T20:29:21+00:00 0 Respostas 1 visualizações 0

Responder

Browse

Captcha Clique na imagem para alterar os dados de segurança