Registar-se!

Login

Recuperar password

Recuperar password? Indique o seu email. Receberá um link de recuperação da password no seu email

Captcha Clique na imagem para alterar os dados de segurança

Login

Registar-se!

Bem-vindo à Praça Pública da Eurostops Torne-se membro da comunidade Eurostops. O registo é grátis, assim como, a colocação de perguntas e respostas.

Rotas das Cidades Muralhadas | Aprovado pela Experiência Eurostops

(1)
  • Autor: Praça Pública
  • Elaborada: Abril 26, 2021 6:27 pm
  • Atualizada: Maio 30, 2021 10:02 pm
Categorias:
» extensão rota : 4 - 7 Dias
» grau dificuldade: Condução fácil

Copy the following HTML iframe code to your website:

  • Distance Instructions
Label
  • Distância 293.08 km
  • Condução 4 h 36 min
  • Média 68.1 km/h
  • Min altitude 528 m
  • Peak 1380 m
  • Climb 3090 m
  • Descent 2793 m

Mais atual do que nunca
Uma rota por três localidade muralhadas (Almeida, Cidade Rodrigo e Ávila), e duas outras cidade de dignas de serem visitadas.
Segóvia, de cidade militar na época dos Romanos a centro têxtil com a chegada dos mouros, a pequena Segóvia que já serviu de morada para a realeza espanhola em 1805 aos poucos foi perdendo importância política. Hoje Segóvia juntamente com Toledo são as perfeitas para uma escapadinha

Com uma arquitetura única e uma culinária deliciosa, Segóvia e um destino perfeito para curtir um dia lindo, tirar fotos incríveis e curtir a vibe de cidade pequena!

1. Almeida (ASA)

Altitude: 727 m
Endereço: EM604 15, 6350-234 Arrabalde de São Francisco, Portugal

Corria o ano de 1810 quando os soldados de Napoleão entraram em Almeida, loucos para invadir Portugal.
Ponto estratégico de defesa do nosso país, Almeida era como uma máquina de guerra no tempo em que se disputavam fronteiras, primeiro contra o reino de Leão e depois contra a megalomania de Napoleão. Durante séculos, Almeida foi exemplar em defender Portugal, tanto que ainda hoje se contam estórias desse tempo.
GPS: 40.728446,-6.901592

2. Cidade Rodrigo (ASA)

Altitude: 634 m
Endereço: N-620a, 51, 37500 Cdad. Rodrigo, Salamanca, Espanha

Ali mesmo ao virar da esquina, ou como quem diz, meia dúzia de quilómetros depois de passar a fronteira de Portugal em Vilar Formoso, ergue-se a Ciudad Rodrigo, considerada Conjunto Histórico-Artístico de Espanha. Conhecido por ter um centro histórico protegido por muralhas que nos transporta literalmente no tempo. A maioria das construções datam dos séculos XV e XVI, altura em que a cidade viveu tempos de esplendor. Das construções destacam-se a muralha medieval, a Catedral e o Castelo. A muralha data do século XII.
GPS: 40.601205, -6.535574

3. La Alberca (ASA)

Altitude: 1079 m
Endereço: Eras, 1, 37624 La Alberca, Salamanca, Espanha

La Alberca é a mais conhecida e turística localidade da Sierra de Francia. O principal prazer de a visitar consiste em passear aleatoriamente pelas suas ruas labirínticas, reparando na arquitetura peculiar das casas, às riscas castanhas e brancas. A Praça Maior, rodeada por casas assentes em colunas, também é muito bonita.
CURIOSIDADE:
No dia de Santo António, o município compra um leitão e solta-o na aldeia. Até Fevereiro, os moradores dão-lhe de comer e, nesse mês, é rifado entre eles.
GPS: 40.48848,-6.11623

4. Ávila (ASA)

Altitude: 1076 m
Endereço: Paseo Sta. María de la Cabeza, 50, 05005 Ávila, Espanha

Ávila é umas das várias cidades espanholas património da humanidade. Ávila é a cidade de gente famosa, mas talvez a mais famosa seja Santa Teresa de Ávila que fundou a Ordem das Carmelitas Descalças.

A cidade, que foi fundada pelos romanos, estaria sobre domínio muçulmano entre os séculos VIII e XI. Após a reconquista, em 1090 foi iniciada a construção da muralha monumental que rodeia toda a cidade. Hoje é a muralha mais bem conversada em toda a Europa.

SEMANA SANTA – Declarada de interesse turístico regional, a Semana Santa de Ávila é especial pela beleza das suas procissões, teatros de rua e pelo sentimento religioso que transmite.

MIRADOURO “Los 4 postes” – É a primeira aproximação à cidade, uma vista panorâmica digna de um postal e que não vão querer perder, de noite, ou de dia.
Segundo a tradição, foi aqui onde, em criança, Santa Teresa de Jesus e o seu irmão Rodrigo na sua fuga da cidade e com projectos de viajar até terras longínquas para morrerem mártires, foram detidos pelo tio.

CIRCULAR PELAS MURALHAS DE ÁVILA – Com um perímetro de 2516 metros, com 87 torreões e 9 portas, as Muralhas de Ávila são das poucas do mundo que estão completas, circulando inteiramente a cidade. O preço de acesso à muralha é de 5€ por pessoa (3,5 € crianças, estudantes e grupos), sendo que à Terça Feira, das 14.00 às 16:00 horas, a entrada é gratuita.

LA PUERTA DEL CARMEN – Esta porta é inconfundível, pois é a única com um campanário.Para os abulenses (habitantes da cidade de Ávila) a Porta del Cármen é também conhecida como “arco de la carcel” – arco da prisão.

CONVENTO E MUSEU DE SANTA TERESA – O Convento situa-se numa praça agradável, tem interesse por estar relacionado com Sta Teresa.

PLAZA DEL MERCADO CHICO – Ao redor do Mercado Chico existem diversas opções de pequenos restaurantes e bares onde podemos descansar um pouco.

CATEDRAL – a Catedral de Ávila, que na verdade se chama La Catedral de Cristo Salvador de Ávila. A Catedral está historicamente e fisicamente unida à muralha da cidade, parte dos seus muros são também os muros da catedral.

PUERTA DEL ALCAZAR y PALZA DEL MERCADO GRANDE – O Mercado Grande é o centro nevrálgico da cidade, é aqui que a vida cosmopolita se concentra. Aqui encontramos inúmeras lojas de roupa, produtos típicos e claro, restaurantes e bares.

BASÍLICA DE SAN VICENTE – A não perder! A grandiosidade das suas linhas e a cor alaranjada que a pedra de Villamayor de Salamanca lhe confere, transformam este edifício numa das mais belas jóia do Românico espanhol. A entrada é paga 2.50€
GPS: 40.66190, -4.70520

5. Segóvia (ASA)

Altitude: 1025 m
Endereço: Calle de los Procuradores del Común, 4, 40005 Segovia, Espanha

Segóvia, Património da Humanidade – Descubra o impressionante eixo principal do centro histórico de Segóvia: o Aqueduto, a Calle Real, a Casa de los Picos, a Igreja de San Martín, a Catedral, o Alcácer entre outros edifícios e ruas comerciais

AQUEDUTO – Único e magnífico, o Aqueduto de Segóvia é uma das más soberbas obras que os romanos deixaram repartidas pelo seu vasto império. Foi construído para conduzir até Segóvia a água da Serra. Símbolo heráldico da cidade, a sua construção foi atribuída ao diabo pela lenda.
As teses sobre a sua construção apontam para o século I na época dos Flávios e também na época de Nerva ou de Trajano.

CATEDRAL – O seu nome completo é Catedral de Nossa Senhora da Assunção e de São Frutos.
De estilo gótico tardio, começou a construir-se em 1525, com a colaboração desinteressada dos segovianos, sob a direcção dos arquitectos de la família Gil de Hontañon, mas não foi consagrada até ao ano 1768. Substituiu a Catedral Velha situada nos aturais jardins do Alcázar e destruída durante a Guerra das Comunidades em 1520.

ALCAZAR – O seu perfil aparece como un navio imaginário sobre a confluência dos rios Eresma e Clamores, cercado pelo cenário de ocres e azuis da planície e da serra.

A JUDIARIA – Neste percurso pelas estreitas e sinuosas ruas do bairro hebreu, poderá conhecer o rico legado cultural judeu de Segóvia – a Antiga Sinagoga Maior, o Centro Didáctico da Judiaria, a Casa do Sol, etc. – que são lugares fundamentais para se entender o passado da cidade.

VALE DO RIO ERESMA – As margens do rio Eresma escondem grandes tesouros naturais e monumentais. Não hesite e entre no seu vale para conhecer San Lorenzo, San Vicente el Real, Mosteiro de El Parral, o Romeral de San Marcos, a Vera Cruz, ou o Santuário da virgem de La Fuencisla, entre muitos outros atractivos.
GPS: 40.940567,-4.107559

Mais atual do que nunca
Uma rota por três localidade muralhadas (Almeida, Cidade Rodrigo e Ávila), e duas outras cidade de dignas de serem visitadas.
Segóvia, de cidade militar na época dos Romanos a centro têxtil com a chegada dos mouros, a pequena Segóvia que já serviu de morada para a realeza espanhola em 1805 aos poucos foi perdendo importância política. Hoje Segóvia juntamente com Toledo são as perfeitas para uma escapadinha

Com uma arquitetura única e uma culinária deliciosa, Segóvia e um destino perfeito para curtir um dia lindo, tirar fotos incríveis e curtir a vibe de cidade pequena!

Deixar resposta

Captcha Clique na imagem para alterar os dados de segurança